Brasil e o Mundo

MC Marcinho, o “Príncipe do Funk”, morre aos 45 anos

Morreu neste sábado (26/8), aos 45 anos, o cantor MC Marcinho, também conhecido como o “Príncipe do Funk”. Ele estava internado no Hospital Copa D’Or, na zona sul do Rio de Janeiro, desde o dia 27 de junho, para tratar um quadro de insuficiência cardíaca e renal.

O falecimento foi confirmado pelo hospital onde o cantor estava internado: “O Hospital Copa D’Or confirma, com pesar, a morte do paciente Marcio André Nepomuceno Garcia na manhã deste sábado (26/8), às 9h10, em decorrência de falência múltipla de órgãos. O hospital se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda”.

Em 10 de julho, MC Marcinho precisou ser intubado após sofrer uma parada cardíaca. Três dias depois, em 13 de julho, o funkeiro recebeu um coração artificial, um dispositivo de duração intermediária, que pode ser usado de três a quatro meses. Ele estava internado com ventilação mecânica e dependente de hemodiálise.

Nos últimos dias, no entanto, MC Marcinho teve mais uma piora no estado de saúde devido a um quadro de infecção generalizada, o que fez com que ele deixasse a fila de transplante de coração.

Marcio André Nepomuceno Garcia nasceu em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, estado do Rio de Janeiro. O cantor e compositor foi um dos principais destaques do movimento funk nos anos 90. Ficou conhecido pelos hits “Rap do Solitário”, “Princesa”, “Glamurosa” e “Garota nota 100”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo