Ilha do Governador

Jovem é morto na comunidade do Parque Royal

Um jovem, identificado como Lucas Brás de 17 anos, foi morto a tiro nas proximidades da comunidade Parque Royal, na Ilha do Governador, no fim da manhã desta sexta-feira. De acordo com relatos de testemunhas, o estudante voltava de um curso e foi atingido ao atravessar a rua por um tiro de fuzil nas costas por policiais militares.

A Polícia Militar, no entanto, alega que o jovem entrou em confronto com militares da corporação e foi alvejado. O adolescente foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda segundo a PM, com ele foi apreendido uma pistola, além de certa quantidade de maconha.

HIG 970×250

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o pai de Lucas diz que é uma “covardia a acusação da PM”. “A PM está acusando meu filho de ser bandido, ele estava voltando do curso. Pagou o auto-escola ontem. Ele não era envolvido com o tráfico. O que estão fazendo é uma covardia. É mais fácil eu ser bandido do que ele”, desabafou o homem muito emocionado.
No fim da tarde moradores fizeram um protesto nesta tarde em um dos acessos da comunidade Parque Royal com pedidos de Justiça. A manifestação ficou intensa quando um  grupo de moradores atearam fogo em sacos de lixo e madeira, a situação foi controlada com a presença do Batalhão de Choque.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações estão em andamento na Delegacia de Homicídios da Capital para apurar a morte de Lucas. Uma perícia foi realizada no local e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML do Centro. Ainda não há informações sobre o sepultamento do jovem.

Etiquetas

Artigos relacionados

amateurfetishist.com tryfist.net trydildo.net
Fechar